Centro de Informação Europa Criativa

ir para conteudo

Literacia Mediática

 

Nota Prévia:

Pretendemos com esta informação salientar alguns critérios que permitam a identificação rápida do enquadramento de possíveis projectos no programa Europa Criativa. No entanto, salientamos que a informação disponibilizada neste website, não invalida a absoluta necessidade de leitura dos respectivos guidelines das linhas de financiamento, por forma a aferir, nomeadamente, os critérios de elegibilidade e de avaliação. Os documentos poderão ser encontrados no portal Funding and Tenders.


Estado da call: Fechada

Data de Fecho: 6 de Abril 2022, 17h (hora de Bruxelas)

Próxima call prevista em 2023


Objectivos e prioridades (resumo)

apoio à literacia mediática visa permitir aos cidadãos desenvolver uma compreensão e utilização crítica dos meios de comunicação social. A literacia mediática é também um poderoso instrumento para limitar o impacto da desinformação. Para este fim, as acções de literacia mediática irão encorajar a partilha de conhecimentos e o intercâmbio sobre políticas e práticas de literacia mediática. O apoio prevê o desenvolvimento de iniciativas e comunidades inovadoras de literacia mediática transfronteiriça em toda a Europa, num cenário de meios digitais em constante mudança e comportamento actual dos utilizadores da conta entre vários grupos etários.

Actividades que podem ser financiadas:
Projectos colaborativos com objectivo(s) claramente definido(s) no domínio da literacia mediática, abordando pelo menos duas das seguintes áreas de actividades

  • Actividades de desenvolvimento, partilha e ampliação das melhores práticas em projectos de literacia mediática, tendo como denominador comum um ecossistema mediático em mutação, especialmente ao atravessar fronteiras culturais, nacionais ou linguísticas;
  • Desenvolver "toolkits" inovadores e interactivos para fornecer soluções para desafios actuais e futuros no ambiente online, incluindo desinformação;
  • Desenvolver materiais e conjuntos de ferramentas que permitam aos cidadãos desenvolver uma abordagem aos meios de comunicação social, e para reconhecer e reagir adequadamente à desinformação;
  • Desenvolver prácticas de literacia mediática adaptadas ao ambiente mediático em mutação incluindo técnicas manipulativas e produção de meios baseados em Inteligência Artificial;


Os seguintes tipos de actividades são elegíveis no âmbito do presente convite à apresentação de propostas:

  • Criação e/ou distribuição de material multilingue e/ou multicultural incluindo conteúdos interactivos para melhorar as capacidades digitais dos cidadãos e a sua compreensão do panorama dos media e a sua resiliência contra desinformação.
  • Desenvolvimento de materiais para cidadãos e formadores dirigidos a toda ou qualquer idade e grupos societais.
  • Desenvolvimento de soluções inovadoras de literacia mediática adequadas aos futuros meios de comunicação (o projecto pode incluir protótipos, mas não se concentrar exclusivamente no desenvolvimento tecnológico).
  • Actividades de formação para cidadãos e educadores, incluindo a partilha dos melhores práticas para além das fronteiras linguísticas, estatais e culturais.
  • Organização de eventos públicos e/ou workshops para aumentar a sensibilização e partilha as melhores práticas.
  • Actividades lideradas pela comunidade para adaptar e tornar acessíveis as supramencionadas ferramentas e material.

Todas as propostas devem considerar a inclusão dos cidadãos, o envolvimento cívico e a sua participação como um aspecto fundamental da sua proposta.

Impacto esperado

  • consórcios pan-europeus, escalando as melhores práticas através das fronteiras nacionais, culturais e linguísticas, e desenvolvendo e ampliando as ferramentas e acções de literacia mediática para assegurar a transferência de tais práticas para um público o mais vasto possível, cobrindo diferentes tipos de modalidades de entrega de meios de comunicação social;
  • fóruns de intercâmbio das melhores práticas em torno de grupos etários específicos, grupos com competências ou acesso limitado à literacia mediática, ou aqueles em risco de exclusão social;
  • apoio aos profissionais da literacia mediática para adaptar as suas práticas ao ritmo acelerado do desenvolvimento de formatos de meios de comunicação e alterar os padrões de consumo de meios de comunicação.


Orçamento específico

O orçamento disponível é de 2.4 milhões de euros. Os projectos deverão rondar os 400-500 mil euros.
A expectativa é apoiar entre 5 a 6 projectos.

Composição do consórcio:
As propostas devem ser apresentadas por um consórcio de pelo menos 3 organizações de pelo menos 3 países participantes diferentes.
São elegíveis entidades colectivas, com ou sem fins lucrativos, organizações privadas ou públicas, autoridades públicas (nacionais, regionais, locais), organizações internacionais, universidades e instituições de ensino, organizações de meios de comunicação, institutos de investigação e tecnologia, fornecedores de tecnologia, com experiência comprovada em literacia mediática e/ou meios digitais, sua utilização, criação, difusão, avaliação de impacto e/ou outras tecnologias digitais relevantes.

Entidades Elegíveis:

Todas as entidades colectivas (públicas ou privadas, com ou sem fins lucrativos) que preencham os seguintes requisitos:
  • Mínimo de 2 anos de existência para as organizações que lideram a proposta; Para parceiros, este requisito não se aplica;
  • Legalmente constituídas e estabelecidas num dos países participantes.


Países Participantes

São elegíveis para candidatura ao Programa Europa Criativa entidades dos seguintes países :

⇒ Consulte a Lista de países que já manifestaram interesse em se associar, e cuja participação no actual Programa depende de assinatura de acordo.

⇒ NOTA! Reforçamos que a participação dos países associados no Programa depende da assinatura de contrato entre estes e a Comissão Europeia. Tal significa que apesar dos países que já manifestaram interesse em se associar  serem elegíveis em sede de candidatura, caso o acordo não seja assinado à data de divulgação dos resultados, as entidades não serão elegíveis. 

Critérios de Avaliação de Projectos

Critério Definição Pontos (máximo)
1. Relevância A candidatura contribui para os objectivos e prioridades ? 35
2. Qualidade do conteúdo e actividades Como é que o projecto é implementado? As metodologias propostas são apropriadas para alcançar os objectivos do projecto? 30
3. Gestão do projecto
A proposta inclui mecanismos eficazes de coordenação entre as organizações participantes? 15
4. Disseminação
As estratégias de comunicação e divulgação têm o potencial de atingir e impactar positivamente os grupos-alvo e as organizações participantes, bem como a comunidade em geral? 20