Centro de Informação Europa Criativa

ir para conteudo
18-07-2022
Parcerías Jornalísticas: candidaturas abertas até 22 de Setembro

| Prazo de submissão: 22 de Setembro de 2022 (17:00 CET) [prazo ampliado de 7 para 22 de Setembro]
Noticia actualizada a 31.08 com o alargamento do prazo de submissão.


Foi publicado o convite à apresentação de propostas no âmbito da linha de financiamento Parcerias Jornalísticas CREA-CROSS-2022-JOURPART.
Com um orçamento total de 7.500.000 €, insere-se na Vertente Transectorial e é uma das grandes novidades do novo ciclo Europa Criativa 2021-2027. As Parcerias Jornalísticas devem encorajar a cooperação sistémica entre os meios de comunicação social para melhorar a viabilidade e a competitividade de jornalismo produzido profissionalmente, quer através da testagem de modelos de negócios inovadores e a partilha das melhores práticas entre pares, bem como através do apoio colaborações jornalísticas.


Prazo de submissão: 22 de Setembro de 2022 (17:00 CET)
Anúncio dos resultados:  Dezembro de 2022
Percentagem de co-financiamento: até 80%
Duração máxima dos projectos: 24 meses
Última sessão informativa a 7 de Julho: a gravação pode ser vista aqui, as apresentações estão disponíveis aqui e aqui.
Acesso à documentação e candidaturas no Portal Funding & Tenders aqui


NOTA: Catálogo de Projectos receptivos a parcerias aqui, como resultado da sessão de pitching transnacional organizado a 1 de Julho por vários Desks Europa Criativa


Actividades que podem ser financiadas

  • Projectos de colaboração entre quaisquer (sub)sector e/ou género de Média Noticiosos que visem reforçar a cooperação e incutir mudanças sistémicas no ecossistema dos meios de comunicação social. As actividades propostas devem ser claramente justificadas e baseadas numa análise de necessidades do (sub)sector(es) escolhido(s).
  • As actividades devem ter como objectivo servir o ecossistema mais vasto em toda a Europa, incluindo os meios de comunicação social de menor dimensão; a partilha das melhores prácticas entre operadores no mercado de meios de comunicação social com diferentes e características diversas (em termos de línguas, volumes de produção, tamanhos, níveis de digitalização, etc.) é encorajada, para promover a aprendizagem mútua.
  • As actividades devem incluir resultados concretos e estabelecer indicadores de desempenho claros, objectivamente verificáveis e quantificáveis tendo em conta o propósito do projecto.
  • Todas as parcerias funcionarão com total independência editorial. Terão de respeitar normas editoriais profissionais e amplamente aceites.


Resultados esperados:

  • Criar/apoiar redes para o intercâmbio de boas práticas entre profissionais dos Média Noticiosos;
  • Hubs por sub-sectores (imprensa online, rádio/podcasts, TV, ETC.) e géneros jornalísticos (jornalismo local/regional, jornalismo de interesse público, jornalismo de dados, jornalismo de investigação, etc.);
  • Aumentar a inovação e a criatividade nos processos de produção e distribuição jornalística;
  • Aumentar o interesse pelo jornalismo entre diferentes grupos sociais, linguísticos e etários;
  • Aumentar a visibilidade do conteúdo jornalístico;


A quem é dirigido?

Um consórcio composto por pelo menos três parceiros de três países diferentes que participam no programa Europa Criativa. A candidatura é apresentada pelo coordenador do consórcio.
O consórcio pode ser constituído por organizações sem fins lucrativos, meios de comunicação públicos e privados (imprensa escrita, online, rádio, podcasts, televisão) e outras organizações relacionadas com os meios de comunicação, tais como associações de meios de comunicação, ONGs, fundações e organizações de formação para jornalistas, etc.

Países elegíveis

São elegíveis para candidatura ao Programa Europa Criativa entidades dos seguintes países :

  • Membros da UE
  • Países Associados
    • Candidatos a membros UE
    • Países EFTA (Islândia e Noruega)
    • Outros países associados ao Programa Europa Criativa; e/ou países que estão em negociações para um acordo de associação desde que o acordo entre em vigor antes da assinatura da subvenção.


***

Enquadramento

Tendo em conta que a pandemia afetou gravemente o setor dos meios de informação, e face aos desafios crescentes que coloca a desinformação e a alteração nas fontes de receita, a Comissão Europeia lançou a "The News Initiative" em Dezembro de 2020, no âmbito de um plano mais vasto que visa contribuir para a recuperação dos setores do audiovisual e dos meios de comunicação social. A "The News Initiative" reúne vários instrumentos de financiamento numa designação comum.
Fact-sheet que resume "The News Initiative" disponível em português aqui

No âmbito desta iniciativa foram publicadas várias convocatórias, com prazos de submissão em Setembro e Outubro. 
Neste momento, estão abertas 7 calls, sendo que 2 inserem-se no Europa Criativa e 5 são projectos-piloto e acções preparatórias.

A 7 de Julho, a Comissão Europeia organizou uma sessão informativa para fornecer orientações aos potenciais candidatos sobre os convites à apresentação de propostas recentemente publicados, para além de dar uma perspectiva geral sobre a calendarização. A gravação pode ser vista aqui e as apresentações estão disponíveis aqui e aqui, sendo que é muito recomendável a sua visualização e leitura para ter uma perspectiva da diversidade e abrangência das oportunidades e o tipo de projectos que se pretende co-financiar.